domingo, 23 de outubro de 2016

Coleção Bonecos Hipopó Club

Quem lembra dos Bonecos Hipopó  e do Club Hiipopó?

Recordo dos biscoitos recheados Hipopó chegarem ao mercado fim anos 80, 
Club e o boneco mascote Hipopó  começo anos 90:
Bonecos mascotes coleção Hipopó Biscoitos Cory marcaram presença na memória da criançada com bichinhos de vi-vinil com formato de hipopotamos gorduchinhos fofos os HIPOPÓ::
os promocionais Bonecos mascotes Hipopó biscoitos:
Quem fazia parte do Club Hipopo recebia os informativos  através de jornalzinho,

somos de uma geração que a forma de contato com fornecedores dos nossos biscoitos prediletos era via correio,   não tinhamos internet na época com sites e canais de acesso como existem atualmente,

os fabricantes mantinham clubs como uma forma de manter ações promocionais com seu público predileto a "criançada":
acervo ana caldatto
Jornalzinho Hipopó Club:
acervo ana caldatto
Material informativo avisando da mudança de jornalzinho para revistinha informativa de lançamentos dos biscoitos Hipopó para os assinantes do Clu Hipopó:
edição lançamento da revistinha Hipopó & Cia:
item coleção acervo ana caldatto
Revistinha de Quadrinhos com super Hipopó:

Nova versão dos bonecos  e novos biscoitos com Hipopó Friends 
biscoito com sabores leite e Lima-Limão:
Hipopó Junior, biscoito de leite:
Hipopó Club Hipgostoso, biscoitos nos sabores Hipcheese e HipDog:
Biscoito Hipopó  Hipcake:
 boneco  hipopotámo de shorts azul é da ultima versão  Coleção Bicoitos Hipopó Friends e os dois são da primeira versão Hipopó:
diferença boneco  Hipopó:
diferenças:
Biscotos Hipopó produzidos pela empresa Cory em Ribeirão preto SP:
outras empresas da época também mantinham elo com seu publico usando jornalzinhos informativos enviados pelo correio aos seus assinantes

Jornalzinho Nestlé  informativos de ações:



 Jornalzinho Lactinha:


Um comentário:

Eliane Garone disse...

Eu era do club!! <3 Tenho esse marromzinho e mais alguns outros ainda. Até aquele pequeninos estilo "Agarradinho"... tenho todos guardados ainda. Acho que só as revistinhas não sobreviveram. Saudades dessa época!